[email protected] // (11) 4479-8428// (11) 9 5385-9973 Rua Oratório, 1469, Sala 01 Parque das Nações, Santo André, SP

Dentinhos do bebê – Quais os cuidados temos que ter?

Veja aqui quais os cuidados você deve ter com os dentinhos do seu bebê

Dentinhos do bebê – Quais os cuidados temos que ter?

Quais cuidados temos que ter com os dentinhos do bebê?

 Os dentes decíduos, popularmente conhecidos como dente de leite, começam a rasgar a gengiva por volta dos 6 meses de idade e terminam de nascer por volta do 30° mês de vida, podendo trazer bastante incômodo e diversos sintomas à criança, como irritabilidade, aumento da salivação, febre, diarreia (tanto relacionada as reações inflamatórias na cavidade oral que ocorrem nesse período e a queda da imunidade devido ao estresse dessa fase quanto ao ato de se levar as mãos e objetos à boca inúmeras vezes na tentativa da criança de aliviar o desconforto, levando grande quantidade de germes à boca), gengivite, problemas de pele, perda de apetite, vômitos, insônia, dentre outros mais incomuns.

 Essa série de sintomas falados, nesse período frágil da vida, onde a criança se mostra suscetível a tantos problemas de saúde não devem ser automaticamente relacionados ao nascimento dos dentinhos, é prudente que na presença de um ou mais sintomas sempre se leve a criança ao serviço médico para descartar qualquer outro tipo de problema de saúde.

 Caso nenhum problema de saúde seja diagnosticado e os sintomas realmente estejam diretamente relacionados ao nascimento dos dentinhos a pergunta que fica é: O que os pais podem fazer para aliviar esse desconforto?

 Vamos então dar algumas dicas caseiras aos pais para ajudar nossos bebês a enfrentar essa fase:

 Na presença de dores suaves usar a técnica da distração, brincar e entreter a criança de maneira que ela deixe de focar sua atenção na dor;

 Oferecer bebidas geladas na hora das refeições;

 Massagear a gengiva com objetos gelados ou massagear o local com o próprio dedo desde que esteja limpo;

 Oferecer alimentos gelados;

 Oferecer mordedores e biscoitos sem açúcar (cuidado com a cárie!)

 Caso nenhuma dessas dicas auxilie no alívio dos sintomas, procure o Odontopediatra para que seja prescrito o medicamento adequado para cada caso.

 CUIDADO!!!

Assim que o dentinho nascer, deve-se evitar o uso de mordedores contendo líquido em seu interior. Já que a criança pode rasgá-los com os dentes.

Os pais não devem amarrar os mordedores no pescoço das crianças, pois elas podem se sufocar acidentalmente.

Muito cuidado relação ao tamanho e o tipo de material dos objetos que serão oferecidos às crianças. Pois esses podem ser engolidos se pequenos, podem se quebrar na boca do bebê ou ainda, seu material pode ser potencialmente tóxico como é o caso de materiais à base de PVC.

Dúvidas? Entre em contato com a Rubi Odonto, seu dentista em Santo André, e marque uma consulta. Teremos prazer em atender o seu bebê.

Dra. Keith Berardinelli
Cirurgiã-Dentista graduada pela USP